Brutale RR: bela, furiosa e bruta

1

A MV AgustaBrutale 1090RR é uma das nakeds mais radicais do mundo. Os 144 cavalos impulsionam um motor de 1.078 cm³, enquanto as linhas mantém os traços desenhados por MassimoTamburini, porém com alterações nas suspensões e freios.

Na dianteira, a super naked traz suspensão invertida da Marzocchi com tubos de 50 milímetros e 130 mm de curso. O mais formidável é o ajuste total na compressão, retorno e pré-carga da mola, e a possibilidade de fazer curvas bem acentuadas dentro de uma pista. Para controlar este impulso, a traseira traz o amortecedor Sachs fixado no monobraço, cumprindo a missão de manter a roda traseira no chão com a ajuda do controle de tração.

A versão RR também tem freios diferenciados, com mangueiras em malha de aço (Aeroquip) e duplo disco flutuante – 320 mm de diâmetro. A pinça do freio monobloco é Brembo com fixação radial, como já destacamos aqui (link da matéria). Na traseira, disco único de 210 mm de diâmetro com pinça de quatro pistões.

A versão RR é a caçula da linha Brutale e chega a velocidade máxima de 265 km/h, merecendo o devido respeito. Preta e branca, vermelha e prata são as cores disponíveis para o mercado nacional.

Ficha Técnica

MV AgustaBrutale 1090RR
Motor: Quatro cilindros em linha, 1.078 cm³, 16 válvulas, DOHC, com refrigeração líquida.
Potência máxima: 144,2 cv 10.300 rpm.
Torque máximo: 11,2 kgfm a 8.100 rpm.
Câmbio: 6 velocidades.
Peso: 190 kg a seco.
Tanque: 23 litros.

1 COMENTÁRIO

  1. GILAMR 00:07 dia 09/11/2012

    Q BRUTA dá até pra ir do rio até o chile em 10 horas

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*